domingo, 26 de julho de 2015

Amor, ódio e assassinato

Depois de saber que:

1) Ao que tudo indica, o tal do Bruno, goleiro do flamengo, mandou mesmo matar a tal da Eliza, sua amante, e contratou um traficante para dar fim ao corpo, esquartejando-a e desossando-a, dando os restos pra cachorros;

2) Ao que tudo indica, o tal Mizael Bispo dos Santos, namorado da advogada Mércia Nakashima foi quem a matou;

resolvi ter uma conversa séria com meu marido hoje:

- Benzinho, se quiser separar, não tem problema, viu? Eu não peço nem pensão pras crianças. Mas, por favor, não precisa me matar.
AFFFFFF!

Nenhum comentário: