domingo, 26 de julho de 2015

Existem bebês feios?

Estávamos eu, Duda e Nanda conversando em casa, em cima da minha cama, à noite.

Falávamos sobre o evento da Primeira Comunhão da Duda. Quem tinha ido, quem faltou. De repente, lembrei de Fernandinho, filho do meu primo Rodrigo, e falei:

- Meninas, o Fernandinho está lindo demais, não está?

- Ai, mamãe, ele é muito lindinho!

E Nanda, como sempre:

- Ele é um fofo! - pra ela, tudo é fofo. hehehehe.

Duda lembrou:

- Ah!, mamãe, eu não conheci o Gustavo, filho da tia Flávia. Você não levou a gente pra visitá-lo.

Flávia, minha prima, foi morar em Londres no final de outubro. O bebê estava com uns três meses e, antes disso, eu não tive como visitá-los. As meninas apresentaram quadro de rotavirose e, como o período de incubação é bem longo, não quis arriscar visitar o bebê com a presença das duas. Assim, eu e Iran aproveitamos para visitá-lo num sábado à tarde, um dia antes de partirem para Londres, aproveitando que as meninas estavam na catequese.

- Mamãe, o Gustavo é bonitinho? - perguntou Duda.

- Ué, filha! E você já viu algum bebê feio?

Rápida como um raio, e com a naturalidade e sinceridade típicas das crianças, ela respondeu:

- Já, mamãe, VÁRIOS!! VÁRIOS!

Eu e Nanda caímos na gargalhada.

Nenhum comentário: